Atendidos da Fundhas aprendem com jogo

“Eu gostei da atividade, porque nós adolescentes vivemos muito a tecnologia e aprender jogando é muito bom”. Essas são as palavras de Pedro Henrique Lopes, de 16 anos, que foi o vencedor de um quiz realizado na aula de língua portuguesa do Centro de Inovação e Iniciação Profissional da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza). Este tipo de jogo visa reforçar o aprendizado de uma forma moderna e rápida, já que possui pontuação.

O depoimento foi dado após o adolescente participar de uma aula sobre a diferença entre o advérbio mais e a conjunção coordenativa mas, na qual todos os participantes receberam Chromebooks (notebooks com sistema operacional Chrome OS desenvolvido pela Google), para realizar a atividade.

Pelo equipamento os atendidos acessaram o jogo online usando essa ferramenta educacional. E Pedro conta entusiasmado: “o mais bacana foi jogar com meus amigos. É mais divertido!”.