Crianças da Fundhas aprendem em visita ao Museu do Folclore

Um grupo de crianças da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) Dom Bosco, no Campo dos Alemães, teve uma aula diferente nesta sexta-feira (23), no Museu do Folclore, que fica no Parque da Cidade.

A animação e curiosidade dos alunos tomou conta dos espaços do Museu durante a tarde e, a cada descoberta, surgia um novo aprendizado.

“É a primeira vez que venho no Museu e gostei muito, de tudo. Aqui é legal porque conta a nossa história, da cidade, do folclore e mostra coisas diferentes”, disse Matheus Ricardo Dias Alves, 10 anos.

“Gostei muito da sala colorida, que fala das festas. O folclore é importante porque faz parte da nossa história”, disse Livia Maria de Deus Ferreira dos Santos, 10 anos.

A visita complementa as aulas e oficinas trabalhadas na Unidade, que tiveram como tema o folclore nacional, comemorado nesta quinta-feira (22). O Museu é visto como um espaço público e acessível, que funciona ainda como uma ‘extensão da sala de aula’.

“Durante o mês de agosto trabalhamos sobre o folclore e viemos para o museu concluir este projeto. Aqui é uma extensão da sala de aula, para eles conhecerem coisas novas e fazerem descobertas”, afirma a professora Lary Fróes de Brito Almeida, que acompanhou a turma.

Para o pequeno Emanuel Teodoro, 9 anos, no local é possível “aprender brincando e quando estou brincando fico mais feliz”.

O grupo encerrou a visita na brinquedoteca onde teve contato com diversos tipos de brinquedos, que resgatam a importância do brincar para o desenvolvimento de uma infância saudável.

O museu

O Museu do Folclore foi criado pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo em 1987, sendo gerido atualmente pelo CECP. Além das exposições, o visitante pode conhecer e usufruir da biblioteca e da brinquedoteca; e participar de várias atividades realizadas durante o ano, como o programa Museu Vivo, Mês do Folclore e o projeto Dialogando com o Folclore.

Fazendo a Diferença
Ao longo dos 32 anos de existência, a Fundhas contribuiu com a formação de mais de 30 mil crianças e jovens no município, que viram em seus projetos a possibilidade de realizar sonhos e de crescimento profissional.

Com atuação no contraturno escolar, a Fundhas é mantida pela Prefeitura de São José dos Campos e oferece projetos voltados aos esportes, música, dança, teatro, artes e um cuidado especial no reforço escolar. Todos os atendidos recebem gratuitamente alimentação, uniforme e transporte.

O Cephas é um Centro Educacional da Fundhas que tem como finalidade oferecer educação profissional através de cursos de formação inicial e continuada, programa de aprendizagem profissional e de cursos técnicos de nível médio.