Alunos de Enfermagem do Cephas são contratados por hospital

Dezenove ex-alunos do técnico de Enfermagem do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza) iniciaram no mundo do trabalho neste mês. O grupo foi contratado pelo hospital Vivalle, que fica na Urbanova, região oeste da cidade, para atuarem como auxiliares e técnicos de enfermagem. Além deles, cerca de 50 estudantes fazem estágio no local.  

O curso de Enfermagem é um dos mais procurados no Vestibulinho do Cephas e se destaca pela qualidade da formação dos técnicos. A contratação motiva os jovens a continuarem nos estudos e se especializarem.

Qualidade na formação

Diego Francisco Nakamura da Silva, 48 anos, concluiu o curso em julho deste ano e começou a trabalhar no hospital há alguns dias. O profissional se apaixonou pela área da saúde por influência da esposa, Celina Yurika Yamada, também ex-aluna do Centro.

“Acho gratificante cuidar das pessoas. Escolhi a Enfermagem pelo olhar voltado ao próximo. O Cephas é uma escola pública municipal com muita qualidade no ensino técnico, com grandes profissionais”, afirmou Diego.

Segundo Vanderlei Pupin, gerente de Enfermagem do Vivalle, o diferencial dos recém-contratados está ligado diretamente aos conhecimentos adquiridos durante a formação. Foram contratados funcionários para todas as áreas assistenciais.

“A maior parte dos alunos se saiu bem na entrevista que realizamos, fizeram apresentação pessoal e responderam às situações-problema citadas. A Enfermagem está presente no cuidado, desde o nascimento até o término da vida”, explicou Vanderlei.

“Estão tendo oportunidade de ingressar no mercado com o primeiro emprego, vivenciando, na prática, tudo que estudaram e aprenderam. Eles começam a carreira em um hospital de referência, podendo se desenvolver e aprender ainda mais”, disse a responsável técnica do curso, Glória Aparecida de Oliveira, enfermeira há 30 anos, sendo 18 deles no Cephas.

Estágio, inspiração e expectativa

Atualmente, cerca de 50 alunos realizam estágio no hospital. A experiência prática agrega novos saberes e é parte do currículo do Cephas. Frequentar ambientes profissionais também motiva os jovens a continuar os estudos e se especializarem.

Camila Rodrigues Rosa, 20 anos, divide a rotina entre o estágio quatro vezes por semana, as aulas e a expectativa pela certificação do curso, que será em dezembro. Como Diego, ela optou pela carreira na saúde pela vontade de “cuidar do próximo e fazer a diferença”.

“Minha inspiração é saber que eu posso fazer a diferença na vida de uma pessoa em momentos difíceis, estar presente na recuperação e ajudar alguém. Nos dedicamos na profissão e quando ganhamos um simples sorriso de agradecimento sentimos que estamos fazendo o que é certo”, diz.

Camila conseguiu a vaga após visita da equipe do hospital ao Centro para processo seletivo. “O Cephas nos forma além do quesito acadêmico, como pessoas e profissionais melhores para o mundo do trabalho. No estágio temos contato com o que há de mais moderno, é incrível”, destaca.

As estudantes Bruna Fernanda Gonçalves Rodrigues, 27 anos, e Viviane Aparecida de Souza, 38 anos, trocaram de profissão e se dizem satisfeitas pela mudança. Bruna estudava Pedagogia e Viviane é engenheira de produção, mas agora elas se sentem realizadas a cada novo aprendizado nas alas hospitalares.

“Os profissionais estão dispostos a nos orientar, seguimos padrões e temos novos aprendizados. Quero me qualificar e oferecer o que tenho de melhor para crescer na Enfermagem”, afirmou Bruna.

“No estágio vemos na prática, diariamente, tudo que aprendemos nas aulas do Cephas”, disse Viviane.

Entre as atividades do técnico em enfermagem estão: prestar cuidado aos pacientes de média complexidade, preparar e administrar medicamentos pelas diversas vias, fazer curativos, dentre outras. O ensino de Enfermagem do Cephas é baseado em competências, pautado em três pilares: saber, saber ser e saber fazer, trabalhando teoria e prática.

Melhor escolha

  • O Cephas é uma instituição educacional da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) fundada há 19 anos com a finalidade de oferecer educação profissional através de cursos de formação inicial e continuada, programa de aprendizagem profissional e de cursos técnicos de nível médio. A Fundhas é mantida pela Prefeitura de São José dos Campos há 32 anos.
  • O objetivo do Centro é promover a integração às diferentes formas de educação ao trabalho, ciência e tecnologia, visando o permanente desenvolvimento de aptidões para uma vida produtiva e social, além de despertar e estimular a capacidade de visualização e resolução de problemas e espírito empreendedor.