Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Home > Notícias, Novidades

Deficientes auditivas iniciam jornada profissional na Prefeitura


Atualizado em 23/08/2023 – 12:03

Lara (esq.) e Nathália trabalham juntas na Secretaria de Apoio Social ao Cidadão.

As jovens fazem parte da terceira turma do Programa “Agente Cidadão”, da Fundhas – Foto: PMSJC

Lucas Lemes
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

*Colaborou o estagiário Daniel Linhares

A Prefeitura de São José dos Campos recebeu, nesta semana, duas estudantes deficientes auditivas atuarem na Secretaria de Apoio Social ao Cidadão. Elas participam do programa Agente Cidadão, da Fundhas, que auxilia a inserção de jovens entre 16 a 19 anos ao mercado de trabalho.

Nathália Vitória Leite de Lima e Lara Emily de Souza Silva, ambas de 19 anos, começaram uma nova jornada de desafios na manhã desta terça-feira (22) na Assessoria de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência.

Feliz com a oportunidade, Nathália destacou o valor da inclusão para atender também ao público PCD.

“Estou muito feliz, porque é a primeira vez que vou trabalhar e vai ser uma boa experiência. Muito legal ter esta oportunidade de trabalhar aqui na Prefeitura e poder ajudar outras pessoas que têm alguma deficiência.”

Lara tem boas expectativas no primeiro emprego e já aprovou o ambiente de trabalho. “É de grande importância para mim, posso aprender coisas novas para o futuro.”

A mãe da Nathália, Marcia Lúcia Leite da Silva, de 50 anos, ressalta a necessidade do programa Agente Cidadão para a filha. “É muito interessante, pois dá a oportunidade de ela conhecer outras pessoas e de ser incluída no meio profissional.”

Cíntia Aparecida, de 39 anos e mãe da Lara, diz que a oportunidade “é importante para conhecer pessoas novas, adquirir experiência e dar autonomia para ela poder fazer tudo no futuro”.

As jovens fazem parte da terceira turma do Programa “Agente Cidadão”, da Fundhas, que selecionou 300 agentes que irão trabalhar nos espaços da Prefeitura pelos próximos 6 meses.

O objetivo da seleção das novas agentes visa promover a autonomia das pessoas com deficiência e desenvolvimento de habilidades profissionais, tanto no mercado de trabalho como no projeto de vida.

Central de Libras

As novas agentes estão em sua primeira oportunidade no mercado de trabalho e, para garantir a inclusão e acessibilidade para as jovens, a Prefeitura de São José dos Campos usa como recurso a Central de Libras.

O recurso da Central de Libras permite intermediação da conversa entre o servidor da Prefeitura e a Pessoa Surda ou com Deficiência Auditiva através de um intérprete, em chamada de vídeo, via tablet ou smartphone.

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão