Fundhas tem recorde histórico de percentual de frequência

A Fundhas registrou recorde de frequência de crianças e adolescentes em 2021, mesmo em meio à pandemia da covid-19 – Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Marcia Cury
Fundhas

A Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) registrou em 2021 recorde de percentual de frequência de crianças e adolescentes. Mesmo em meio à pandemia da covid-19, o índice chegou a 82,56%, um aumento considerável na comparação com os 68,61% de 2018, quanto teve início a série histórica da instituição. No ano passado, a Fundhas alcançou muitos avanços, como a abertura de mais de 1.700 vagas.

A instituição acompanha diariamente os atendidos de todas as unidades por meio de seus profissionais que monitoram os casos de evasão, mantendo contato diário com suas famílias. E, quando é constatada a falta de algum aluno, as equipes entram em contato com os responsáveis para saber o motivo e trabalham para o retorno do aluno. A Fundhas conta com assistentes sociais em todas as unidades e também psicólogos.

O aumento da frequência se deve ainda a projetos e programas como Saúde Bucal e Saúde Mental, além de benefícios como alimentação, transporte gratuito e uniformes.

A Fundhas e o Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza) alcançaram, em 2021, um total de 18.392 atendimentos, o maior número dos seus 34 anos de história.