Emoção e superação marcam formatura do Cephas

Formandos das turmas de 2019, 2020 e 2021 participaram da comemoração – Foto: Adenir Britto/PMSJC

Ariane Caldas
Fundhas

Noventa alunos dos cursos técnicos em Administração, Edificações, Eletrônica, Eventos, Manutenção de Aeronaves, Mecânica e Química participaram na tarde do último sábado (20), da cerimônia de formatura do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza). 

A solenidade, que foi realizada no auditório do Centro da Juventude, no Jardim América (região sul), reuniu autoridades e professores, além das famílias e amigos que puderam acompanhar a transmissão ao vivo pelas redes sociais da instituição.

Movidos por muita emoção, os formandos das turmas de 2019, 2020 e 2021 celebraram a conquista, como conta Cacilda de Souza, que aos 62 anos, concluiu o curso técnico em Eventos.

“Fiquei parada por um tempo, retomei o ensino médio, cursei o Vestibulinho e passei por uma pandemia. Chegar aqui hoje é uma felicidade muito grande”, disse. 

Apesar das dificuldades, Cacilda não desanimou. A atual supervisora em uma empresa de eventos destaca que teve muita força de vontade e se manteve firme. “Acho que sou um incentivo para os mais novos. Não importa da onde você parou, mas não desista”. 

Maternidade

Desleia Yumi, 38 anos,  compartilhou a conquista com a pequena Sophie, de quase 10 meses. A formanda de Administração descobriu a gravidez pouco depois de iniciar o curso técnico. Receber o certificado com a filha no colo tornou o momento ainda mais especial. 

“Ela faz parte desse processo, passou pela fase das dores e enjoos junto comigo, assistindo às aulas. Subir lá e saber que consegui foi gratificante”, afirmou Desleia.

Oportunidade 

Foi durante as aulas e compartilhando as experiências com os professores que Luciano Mauro Miranda dos Santos, 44 anos, descobriu uma nova paixão: a Química. Ele conta que a área lhe proporcionou muitas oportunidades e crescimento profissional. 

“Antes eu estava trabalhando com manutenção predial, hoje estou em uma indústria como Técnico Químico e quero muito mais”, afirmou

Determinado, Luciano pretende continuar os estudos e cursar faculdade de Química até chegar ao doutorado. “É meu objetivo”.