Alunos da Fundhas fazem oficinas de fuxico e montam desfile

A técnica artesanal que remonta há pelo menos 150 anos tem entretido e ensinado adolescentes de 12 a 14 anos na Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza). As trouxinhas de retalhos de tecidos são feitas com habilidade e muita atenção por meninos e meninas durante oficinas semanais na Unidade Dom Bosco Criança, no Campo dos Alemães (região sul).

O grupo se dedica a fazer peças e apliques de fuxico para colegas que irão participar do desfile da Primavera na próxima sexta-feira (27). O evento busca celebrar a chegada da estação das flores e conscientizar os alunos sobre a importância do autocuidado.

Aprendizados e integração

O nome fuxico é sinônimo de ‘fofoca’ e, segundo lendas brasileiras, faz referência às mulheres do interior do nordeste do Brasil, que se reuniam para costurar e aproveitavam para fazer intrigas e mexericos.

Mas, nas oficinas da Fundhas, o clima é outro: silêncio e concentração total dos alunos enquanto confeccionam as peças. “É fácil de fazer, ajudamos uns aos outros. Relaxa a gente participar desses momentos”, diz Beatriz Silveira Fontes, 14 anos.

“Na Fundhas tem muita coisa boa, a gente sai para passeios e visitas em lugares diferentes. É legal fazer fuxico, fácil de aprender e divertido”, afirma Christopher Kauan de Araújo, 14 anos.

As oficinas são lideradas pelas professoras Julia Garcia de Araújo Neves e Gleisa Santana Teófilo da Silva e acontecem em momentos previstos na nova grade formativa da Instituição. Os atendidos podem escolher entre grupos de dança, música, reciclagem, arte e outros.

“Conversamos também sobre empreendedorismo com os alunos, pois podem produzir algumas peças e até vender. Eles estão gostando bastante, podem escolher quais oficinas querem participar e muitos optaram por esta. O ambiente é calmo e tranquilo, onde um ajuda o outro”, conta a professora Julia.

Para a jovem Gabrielle Aparecida de Castro do Espírito Santo 14 anos, participar das atividades propostas pela Fundhas ‘dá chances para uma vida melhor, conseguir o primeiro emprego, ter experiências novas, comunicar bem e fazer amigos’.

“Com a oficina aprendi a costurar, sempre gostei e tinha curiosidade em aprender. Podemos fazer alguns acessórios para usar. A Fundhas nos ajuda muito e faz diferença na minha vida”, diz.

Festa da Primavera

Para celebrar a estação florida, que teve início nesta segunda-feira (23), as Unidades preparam comemorações, com atividades culturais e artísticas e o tradicional Desfile da Primavera.

As equipes da Leste, que fica no Jardim Rodolfo, organizam comemoração com temas das flores para os aniversariantes do mês. No Parque Industrial (região sul), crianças e adolescentes preparam um desfile com apresentações artísticas em dois períodos (manhã e tarde).

Já a Unidade Dom Bosco Criança irá receber pais, familiares e convidados para o desfile de Primavera. Com o tema ‘Valorize-se’, o evento conta ainda com apresentações de grupos de dança e música e coral. Algumas peças confeccionadas com fuxico serão utilizadas por alunos.

Cerca de 70 alunos irão participar da comemoração, que também acontece em dois períodos. A proposta busca sensibilizar os alunos, familiares e a comunidade sobre a importância do autocuidado e da valorização do corpo enquanto patrimônio pessoal.

Serviço – Desfile da Primavera

Data: 27/9 – sexta-feira, às 9h15 e às 14h15

Local: Unidade Dom Bosco Criança, que fica na Avenida João de Oliveira e Silva, 757, Campo dos Alemães.

Público: Cerca de 70 alunos, além de pais, familiares e equipe da Fundhas.