Alunos de Administração do Cephas criam ‘miniempresa’

Para despertar o potencial empreendedor dos alunos e novas competências, o Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza) realiza projetos práticos durante as aulas. Durante este semestre, os novos estudantes do técnico em Administração desenvolvem ‘miniempresa’ para aplicarem conhecimentos.

Segundo o responsável técnico do curso, Giuseppe Hilário, com a experiência os alunos aprendem competências aliando teoria e prática, pensam em novos produtos e se preparam para o mundo do trabalho.

“Os alunos aprendem pela vivência, com trabalho em equipe, pesquisa de produtos, planejamento, com cronogramas e funções operacionais. Aprendem também a vender, gerenciar conflitos na equipe, aplicam a teoria na prática para ganhar experiência e maturidade”, explica o professor.

No segundo semestre do curso, os projetos serão voltados à prestação de serviços na comunidade, como aulas de Educação Financeira em escolas estaduais de São José dos Campos.

Aprendizado aperfeiçoado

“Aprendemos principalmente a perder o medo e a vergonha, conhecimento que vamos levar para a vida. Com o projeto, desenvolvi outras habilidades para meu futuro”, diz Thailaine Caroline Lopes de Fátima, 16 anos.

A jovem espera usar os aprendizados do técnico para gerir uma escola futuramente. O colega de Thailaine, David Felipe Lima da Silva Nascimento, 16 anos, planeja ser empreendedor no futuro, administrando seu próprio restaurante de comida brasileira.

“Na prática, com o contato com outras pessoas e até com os problemas, aprendemos a lidar em situações diversas, defender nossa ideia e vender nosso produto. A Administração me ajuda a organizar, planejar e prosperar na vida pessoal e profissional”, afirmou David.

Os produtos das miniempresas dos alunos devem ser vendáveis, não perecíveis e atender a uma pesquisa de mercado, realizada previamente por eles. Além disso é necessário pensar no marketing da empresa. Tudo acontece no ambiente de laboratórios e salas do Cephas.

No final do ano, as turmas vão expor os produtos no Cephas para divulgação e avaliação dos colegas, profissionais e representantes de empresas convidadas. O processo da miniempresa serve também como validação do negócio, fator importante para o sucesso empreendedor.

Melhor escolha

  • O Cephas é uma instituição educacional da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) fundada há 19 anos com a finalidade de oferecer educação profissional através de cursos de formação inicial e continuada, programa de aprendizagem profissional e de cursos técnicos de nível médio. A Fundhas é mantida pela Prefeitura de São José dos Campos há 32 anos.
  • Todos os cursos técnicos do Centro são gratuitos e o acesso é feito por meio de vestibulinho, realizado duas vezes por ano.
  • Também houve a integração das áreas de educação profissional, com a transferência do programa Jovem Aprendiz e das Unidades da Divisão de Empregabilidade para o Cephas, a inserção da metodologia por competência e a ampliação do atendimento pelo programa MedioTec, em parceria com o Governo Federal.
  • O objetivo do Centro é promover a integração às diferentes formas de educação ao trabalho, ciência e tecnologia, visando o permanente desenvolvimento de aptidões para uma vida produtiva e social, além de despertar e estimular a capacidade de visualização e resolução de problemas e espírito empreendedor.