Fundhas realiza amistosos de futebol com alunos

Bola no gramado, camiseta do time e muitas lições. Neste cenário acontece o projeto de amistosos da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), que envolveu cerca de 450 crianças e adolescentes durante o primeiro semestre.

O projeto, liderado pelo professor de Educação Física Rodrigo Santiago, contou com a participação de times das Unidades da Instituição em oito rodadas de jogos, encerradas nesta semana.

Além dos exercícios de aquecimento corporal, fundamentos técnicos e jogo coletivo, a equipe responsável trabalha com os alunos lições de disciplina e respeito aliadas à paixão nacional: o futebol.

“Na Fundhas sempre trabalhamos esportes e educação juntos. Com isso, envolvemos os alunos, que aprendem valores como respeito e disciplina para dentro e fora do campo. Também percebemos aqueles que se destacam no esporte e passam a representar a Instituição em campeonatos”, explica o professor Rodrigo.

O jovem Marcos Antônio Sanches, 15 anos, da Unidade Jardim Paulista, toca saxofone na banda da Fundhas há um ano, e se divide entre dois sonhos: a música e o futebol.

“É bom interagir nos jogos com as meninas, respeitando as diferenças e convivendo bem. A Fundhas dá oportunidades para nós, todos podem participar, aprender e jogar juntos”, diz.

Representando a parte feminina do time, Geovanna Barboza Rodrigues Ventura, 13 anos, da Unidade Petrobrás, conheceu melhor o futebol na Instituição. “Comecei a jogar bola aqui na Fundhas, é muito legal vir para jogar no campo da Sede, os meninos respeitam a gente e todo mundo se diverte”, contou.

“Aqui a gente aprende muito, gosto das aulas de dança na Unidade Petrobrás e de jogar futebol. Quando crescer quero ser jogador famoso, como o Cristiano Ronaldo ou o Vagner Love. Preciso treinar mais para isso, estudar e fazer exercício físico”, comentou o goleiro Fernando Feliciano Souza Melo, 12 anos.

Copa Sesc

O time que representa a Fundhas na Copa Sesc 2019 tem se destacado no torneio. Vitoriosos no último jogo, no início do mês de junho, os meninos se preparam para a final, neste domingo (16), às 15h30 no Sesc São José dos Campos.

A Fundhas

Ao longo dos 32 anos de existência, a Fundhas contribuiu com a formação de mais de 30 mil crianças e jovens que viram em seus projetos a possibilidade de realizar sonhos e de crescimento profissional.

Com atuação no contraturno escolar, a Fundhas é mantida pela Prefeitura de São José dos Campos e oferece projetos voltados aos esportes, música, dança, teatro, artes e um cuidado especial no reforço escolar. Todos os atendidos recebem gratuitamente alimentação, uniforme e transporte.

O Cephas é um Centro Educacional da Fundhas que tem como finalidade oferecer educação profissional através de cursos de formação inicial e continuada, programa de aprendizagem profissional e de cursos técnicos de nível médio.