Atividades diferenciadas marcam retorno de crianças e adolescentes da Fundhas



Ontem (6) os alunos da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) retornaram às atividades e foram recepcionados em todas as unidades com uma programação que incluiu dinâmicas, atividades esportivas, culturais e de integração. O momento foi de diversão, descontração e de matar a saudade dos amigos e professores.  

Na unidade Dom Bosco Criança, na região sul da cidade, os estudantes participaram de dinâmicas pedagógicas sobre ética e respeito e discutiram as normas de convivência. Na Unidade Arnoldo Roberto Nascimento, no D. Pedro I, também na zona Sul, a euforia era devido à aula de dança que consta da programação deste ano. 

Luana Larissa Melo dos Santos (14), do D. Pedro I,disse que sentiu falta dos amigos e das crianças mais novas e afirmou que vai se dedicar muito para aprender a dançar. "É mais uma oportunidade pra gente e eu não vou desperdiçar", contou.
 
Pedro Kaique de Oliveira Dantas (12), do Parque Industrial também sentiu muita falta das atividades e dos amigos durante as férias. "Eu não via a hora de voltar e reencontrar meus amigos e professores. Gosto demais da Fundhas porque aqui a gente aprende de tudo, brincando", comenta.

Para os adolescentes de 15 a 17 anos o momento era de expectativa da escolha dos cursos. Durante essa semana em todas as unidades profissionalizantes serão apresentadas as opções de curso para que os jovens possam escolher aquele com o qual mais se identificam e para o qual têm mais aptidão. 

Atualmente são mais de quinze cursos disponíveis que, além do conteúdo específico de cada área tem como atividades obrigatórias o português e a matemática. Neste ano eles contam ainda com dois cursos novos: o de mecânica de bicicletas e o de barbearia.

A Instituição

A Fundhas atua no contraturno escolar, oferecendo atividades educacionais diferenciadas, como música, dança, teatro, artes e uma atenção especial ao reforço escolar. Atividades esportivas e culturais fazem parte do dia a dia das crianças, que também aprendem a cuidar do meio ambiente. Atualmente são atendidos 3.812 crianças e adolescentes.







Fonte: Comunicação Fundhas
 
[Voltar]   [Índice de Notícias]